quinta-feira, 9 de abril de 2009

É sério

O jogo não é
Como você acha, amigo.
O jogo não é
O que você pensa, cara.

Quantos amigos você tem?
Quantas pessoas você conhece?
“Eu sou popular, bem
Esse número só cresce.”

Pobre pessoa
Que acha que esse é o jogo.
Pobre pessoa
Que se vale pela quantidade.

Quantos amigos têm você?
Quantos deles te conhecem?
Essa é a minha razão de ser,
Aqueles que por mim se entristecem.
Enraivecem.
Enlouquecem.

É por esses que vivo,
Pela qualidade.
É por esses que vivo,
Pela sinceridade.

Mesmo que isso os custe a sanidade.
Desculpe por custar a sanidade.
Desculpe por custar a sanidade.

Obrigado por sacrificar a sanidade.

2 comentários:

  1. muito bom , está de paranéns , te indiquei um selinho (:

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh *inveja da sua facilidade de escrever assim ¬¬*

    Não é perfeito, mas, o que posso dizer? Você tem DNA! [/modesto]
    Sr. irmão gêmeo de blog combustível.

    ResponderExcluir