terça-feira, 28 de abril de 2009

Persistência é uma palavra bonita, porém complicada.

Meu caro rapaz,
Bem vindo à realidade!
Pra você tanto faz
Se tudo isso é verdade.

Mas os tempos estão mudados,
E você não mudou.
Os seus braços estão parados,
Mas o mundo girou.

Todos fizeram sua parte,
E você nem ligou.
Trabalho, estudo, arte,
Mas você empacou.

Aí você pára, reflexão:
“Devia ter me esforçado”
Tenha atitude, então!
“Meu tempo está acabado”

Que é isso rapaz?
Não importa o desperdiçado.
Corra agora atrás!
Não ignore o que foi falado

É inviável voltar.
Mas o caminho a seguir é escolha sua.

3 comentários:

  1. Desde que começou os poemas aqui no blog você evolui MUITO, Matheus. O conteúdo, o ritmo, tudo, cada novo poema que aparece aqui supera todos os outros anteriores e isso aconteceu de novo. Eu não sei onde você vai parar desse jeito!!

    ResponderExcluir
  2. eu sei onde ele vai parar xD num livro! porque devia,meudeus você arrasa ex ._. estão perfeitíssimos, incrívelmente verdadeiros e perfeitos.

    ResponderExcluir
  3. persistir em algo durante muito tempo pode levar a dor e ao arrependimento :/
    nossa teu blog é perfeito *-* , cada postagem teus poemas ficam ÓTIMOS :)

    ResponderExcluir