terça-feira, 18 de agosto de 2009

Individualidade Contestada, Rimas Assassinadas.

Meu gosto não importa,
Não me importo se você não gosta.
Tenho meus motivos,
Tenho minhas razões.
Tenho pânico da sua dó,
e raiva de seus conceitos.
Não gosto de seguir a moda,
Se gosto dela, sou individual.
Não gosto de ser seguido.
Mas quem não gosta de ser notado?
Me respeite, meu caro amigo.
Você pode até ser respeitado.

Me deixa em paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário