terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Noite sem lua



Tantos semi-conhecidos, falsos amigos,
Que não mentem, mas não são reais.
Tantos relacionamentos frágeis como vidro
Mesmo quando não superficiais.

Quem estará lá por mim?

Tanta vida coincide e incide
Sempre em um mesmo ideal.
Tanta gente, mesmo junta,
Cujo sentimento é desleal.

Quem estará lá por mim?

Mil pessoas sendo honestas e sinceras,
Mas o laço não é forte.
Mil pessoas aparecem e desaparecem,
Do nascimento até a morte.

Quem estará lá por mim?

Quando meu mundo acabar
E alguém, ao me abandonar
Quando a minha vida, então conhecer,
O que diabos eu mesmo vou ser?

Quem estará lá por mim?
Quem estará lá por mim?

Tantos semi-conhecidos, falsos amigos,
Que não mentem, mas não são reais.
Tantos relacionamentos frágeis como vidro
Mesmo quando não superficiais.

Mesmo quando não são superficiais.

Quem estará lá por mim?
Eu espero que você esteja,
Eu espero que você esteja.

4 comentários:

  1. I'm not leaving you. I'll always be here for you. Always.

    ResponderExcluir
  2. Usualmente, parabéns pelo maravilhoso texto, mas o que me chamou atenção foi o desenho... é seu?

    Faz favor de tirar o Encontro daí do lado e colocar o Itadakimasu!

    ResponderExcluir
  3. Adoro as coisas que você escreve ;;

    ResponderExcluir